Seguidores

domingo, 26 de setembro de 2010

eu manifesto...


"A democracia, disciplinada e esclarecida, é a coisa mais admirável do mundo."


"Para mim, a democracia é o sistema em que os mais fracos têm as mesmas oportunidades que os mais fortes."


"O espírito da democracia não pode ser estabelecido em meio ao terrorismo, seja ele do governo ou do povo."


"O espírito da democracia não é algo mecânico a ser ajustado pela abolição das formas. Ele requer mudança no coração."


"Para que os direitos das minorias sejam respeitados, é preciso que a maioria tolere e respeite suas opiniões e ações. O dever da maioria é assegurar que as minorias sejam ouvidas e não fiquem expostas a insultos."


Todos as verdades acima são de Gandhi, escritas no século passado, mas, nunca na história desse país, tão atuais para o momento histórico que estamos vivendo.


E, para concluir, sábias palavras do jurista Hélio Bicudo em manifesto pela defesa da democracia e da liberdade de expressão.

"O cerne da democracia é a vigilância. É uma plantinha tenra,e,se não tomarmos cuidado, pisam nela."


Por hoje, é só...

9 comentários:

Meri Pellens disse...

Sábias palavras. Deveriam realmente ser seguidas.
Beijos na alma e um ótimo domingo!

Juci Barros disse...

Um blog muito inteligente!
Parabéns!

Zil Mar disse...

Oi querida....aqui já pisaram na plantinha...

Infelizmente....pelas barbaries que vemos...ouvimos....há tempo...que pisaram...acho que de propósito!

bjos!!!!

Zil

Valéria Gomes disse...

Vejo que estamos em sintonia com as idéias, escrevi muito semana passada sobre a dita democracia, pois acho curioso um país que se diz democrático, obrigar o povo a votar. As palavras escolhidas por ti, são como um grito pela justiça e união entre os povos, não só no Brasil, mas em todo o mundo. Parabéns pela escolha!!! Beijos de passarinho!!!

Vivian disse...

...um dia eu lí isso:

democracia é quando eu mando
e você obedece.
ditadura é quando você manda
e eu choro.

rsrs

bjbjbj

Vozes de Minha Alma disse...

Minha querida amiga, quero aplaudi-la pela escolha do tema.
Ainda mais tendo Ghandi, depois de outros heróis que merecidamente escreveram seus nomes na história. Ghandi que ao contrário de ícones que estampam camisetas por aí, não eliminava desafetos em "paredóns", mas usou como arma, suas sábias palavras!
Um abraço, parabéns, e bjs em teu coração.

Livinha disse...

Piedade minha querida.
Grandes palavras de Gandhi.
O mundo ainda tão egoista, os achantes do poder, da voz que tudo sabe, sem reconhecimento daquelas mais humildes, cheias de virtude e de saber.
Elas que buscam a igualdade, penam na injustiça humana, mas seguem com humildade buscando acesa uma chama de esperança.
mas um dia tudo haverá de tomar o seu lugar. Os ultimos serão os primeiros e feliz de quem muito bem soube aproveitar as lições divinas que estão escritas no universo de cada coração, mas que ainda não despertos...

Linda postagem.
Adoro tu.

Bjs

Livinha

Andréa Amaral disse...

Oi querida e sábia amiga. Há um tempo que não posso me conectar por mais do que poucos minutos. Mas hoje, finalmente, pude tirar um tempinho e contemplar alguns cantinhos que adoro visitar. O seu divã é maravilhoso e faço de todos os elogios acima, meus também. Um beijo no seu coração.

AFRICA EM POESIA disse...

as palavras são as certas...


Com um beijinho


OUTONO


Estou a ver-te...
Árvore de Outono...
Porque estás nua?
Porque deixaste fugir
As tuas folhas...
E os teus ramos...
Ficaram secos e frios...
Longos e nus...
Porque deixas
Porque sofres?
Porque tem frio?

Porque...
É preciso renascer...
É preciso sofrer...
Para viveres novamente...

E assim árvore nua...
Vais voltar...
Mais frondosa...
Mais bonita...
E...
Vais estar outra vez...
Pronta para a nova Primavera...

LILI LARANJO