Seguidores

sábado, 9 de julho de 2011

Era assim


Há, exatamente, um ano as cerejeiras estavam assim, na minha cidade, no meu clube.
Hoje, o lago sobrevive sobre um charco de lama, apenas um riacho corre, porque insiste em viver.
Do alto, as montanhas assistem a tudo, silenciosas.Talvez, abafadas, porque de lá viram tudo e não puderam nada fazer.
Rolaram árvores imensas, galhos, terra, cascalhos, pedras que nem sabíamos onde estavam.
O cenário é outro. O rosa não sobressaiu. Prefiro deixar esse.

7 comentários:

laurinhando por ai disse...

Piedade

Dá uma dor no coração saber que tudo foi engolido...mas um dia , com certeza vai voltar a florir...Enquanto issi deixe as boas lembranças encharcarem seu coração...
bjos
Laurinha

✿ chica disse...

LIndo esse e que pena essa mudança.Não dá pra querer,não é? beijos,tudo de bom,chica

Maria disse...

Sim amiga é preferível ficarmos com as boas recordações. Há que ter esperança que um dia outras cerejeiras encham de rosa novamente esses campos.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Maria

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

ESPERO QUE ALGUM DIA TUDO VOLTE A SER COMO ANTES AÍ NO SEU LUGAR TÃO AMADO!
BEIJO

Marcos de Sousa disse...

Pelo menos em uma parte nada nunca vai mudar: em suas lembranças...

Beijos

♫*Isa Mar disse...

Oi amiga, as imagem são lindas e a natureza tem seus ciclos assim como tudo na vida.
Tudo se renova e um dia voltarão a ser mais belas ainda!
Beijos pra ti e boa semana!

Lilá(s) disse...

Quem sabe um dia a beleza volta, por agora ficam as boas recordações...e a saudade
Bjs