Seguidores

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Uma história de amor


"Uma prova de amor eu dou se você quiser
Uma prova de amor eu dou se preciso for
Uma prova de amor eu dou quem sabe assim
Você vê todo o bem que tem dentro de mim."



Era uma vez uma ilha onde moravam os seguintes sentimentos: a Alegria, a Tristeza, a Vaidade, a Sabedoria, o Amor e outros. Um dia, avisaram para os moradores desta ilha que ela seria inundada.
Apavorado, o Amor cuidou para que todos os sentimentos se salvassem; ele então falou:
- Fujam todos, a ilha vai ser inundada!
Todos correram e pegaram seus barquinhos para irem a um morro bem alto. Só o Amor não se apressou, pois queria ficar um pouco mais.
Quando já estava se afogando, correu para pedir ajuda. Estava passando a Riqueza e ele pediu que o levasse junto. Mas ela respondeu que não podia porque seu barco estava cheio de ouro e prata.
Passou então a Vaidade e ele pediu ajuda novamente. Mas ela respondeu que não porque ele poderia sujar seu barco.
Logo atrás vinha a Tristeza, que disse não poder levá-lo porque estava muito triste e queria ficar só.
Passou a Alegria, mas estava tão alegre que nem ouviu o seu chamado. Já desesperado, achando que ia ficar só, o Amor começou a chorar. Então passou um barquinho, onde estava um velhinho que lhe falou:
-Sobe Amor, que eu te levo.
O amor ficou radiante de felicidade que até esqueceu de perguntar o nome do velhinho. Chegando ao morro, onde estavam os sentimentos, ele perguntou à Sabedoria quem era aquele velhinho que o trouxera até ali.
Ela respondeu que era o Tempo.
- O Tempo? Mas por que só o Tempo me trouxe aqui?
- Porque só o Tempo é capaz de ajudar e entender um grande Amor.
.
.
.
.
Para refletir:
" O tempo é muito lento para os que esperam
Muito rápido para os que tem medo
Muito longo para os que lamentam
Muito curto para os que festejam
Mas, para os que amam, o tempo é eterno"
William Shakespeare
........................................................................................................................

2 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Obrigada por essses belíssimos momentos de reflexão.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
Saudações Florestais !

piedadevieira disse...

Eu que me sinto feliz pela sua visita.