Seguidores

terça-feira, 27 de março de 2012

pássaro canoro


sabiá-laranjeira,
canta...canta... ai que dor!
seu canto parece um lamento
sofrendo como eu
 males do amor.
Batem tão fundo em minha alma
esses gemidos sonoros
que até esqueço do sofrimento
que arde teimoso em meu peito.
Nesse concerto magistral
meu corpo baila, embala  uma nota sol
foge de mim o pensamento
já não sou mais alma ferida
sou pássaro canoro
surreal...
(pv)

3 comentários:

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

[tão lindo que até dói]

beijo

Toninhobira disse...

Nada mais lindo que esta sintonia com a natureza, este canto que nos revoluciona e faz inspiração bela,assim como esta Piedade.
Meu carinhoso abraço de paz e luz.
Bjo.

ONG ALERTA disse...

Via liver...beijo Lisette.