Seguidores

domingo, 14 de agosto de 2011

meu sábado azul



Ontem, meu sábado foi azul.

Azul, dessa cor natural das araras do nosso Brasil.

Azul era também o céu de Nova Friburgo.

Depois, umas nuvenzinhas escuras cismaram de aparecer, só para contrariar.

É assim mesmo. Olhando para essa ararinha fico triste.

Que pena, estamos destruindo mais uma riqueza do nosso país!

Tanta coisa precisa ser resgatada em nossa cultura.

Falamos de respeito , de igualdade, de solidariedade, de liberdade,

mas não podemos nos esquecer do conhecimento, da educação.

Progresso é bom, sem afetar aquilo que mais prezamos: a vida.

Será que estamos vivendo como predissera Platão no mito da caverna?

Será que estamos sentados de costas apenas observando as sombras que se formam nas paredes escuras da caverna?

Para pensar :

"O homem branco devia saber que nada cresce

se não prestar reverência à vida e à natureza."

Cacique Mutua


7 comentários:

✿ chica disse...

Linda tua reflexão aqui...beijos,tudo de bom,chica

ONG ALERTA disse...

A natureza deve ser respeitada, beijo Lisette.

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente post....
Cumprimentos

Orvalho do Céu disse...

Olá, queria
Que não só o seu sábado como o dia de hoje: Domingo... tenha sido feliz e abençoado!!!
Bjs fraternos de paz

Luna Sanchez disse...

Minha cor preferida. Azul tem algo que vai além da compreensão.

Beijo, beijo, ótima semana!

Vieira Calado disse...

E que bonitas são essas araras azuis!


Bjsss

Cléo disse...

Aqui em Bagé está muito, muito frio, mas com certeza o sábado azul será lindo!

bjãooooooooooooo e muitas feliciades