Seguidores

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

insônia


Peguei um sonífero
tentei dormir
fugir.

Contei as estrelas
fiz versos pra lua
tudo em vão
não consegui.

Pus o som na vitrola
nem assim
reagi.

Mergulhei nas palavras
com elas lutei
não era minha intenção.
Interagi com Flaubert
"Sou eu Bovary"?

No meu universo
busquei minha história
fui ao passado
tempo parado
coração desolado
sofri.

Sem força, cansado
desisti.

Dei tempo ao tempo
me rendi.
(PV)

11 comentários:

Vivian disse...

...ah o tempo!

sempre ele o senhor de tudo!

bjbjbj, querida!

Zil Mar disse...

Oi...amiga...me encontrei nos seus versos....

Muito lindo...
bjos!!!!

Zil

Chica disse...

Aqui em teus versos a insônia ficou linda!Até ela!beijos,chica

Luís Coelho disse...

Mais um poema engraçado.
Não estava com nada a dormir. Estes versos são de quem está bem acordado.........

ValeriaC disse...

Que beleza de poema amiga...nada como dar tempo ao tempo, não é querida?
Doce noite e belos sonhos...beijinhos...
Valéria

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Piedade
Sempre vence o que há de melhor em nós...
Quando a gente se rende... se vence... se é feliz!!!
Abraços fraternos e carinhosos.

Malu disse...

Que linda poesia , amiga querida !!!


Me encantou ... :)
Fez as palavras dançarem com graça ímpar .


BjO Imenso e uma Noite de Sonhos Suaves.


PS:
É essa troca de carinho , conhecimento
que tanto tem me encantado aqui.
Feliz em poder conhecer pessoas, assim , como você !

Valéria Gomes disse...

Em determinadas situações, somente o tempo para nos conceder o alívio.

Beijo imenso!!!

Malu disse...

Piedade,

Tem Selinho pra você no meu Blog.
Espero que goste ...


Bjo.

Livinha disse...

Piedade minha querida,
me vi nesses versos. Desse jeitinho,
sem tirar nem por...
Meu Deus que coisa louca, quando nos
encontramos perdidos, insatisfeitos
a procura de algo que nos seja tão
perfeito, nos tornando de uma certa forma inteiros...

Lindo, lindo mesmo tua postagem
parabéns!

Bjs
Livinha

Eduardo disse...

Insônia... tortura, só.
Gostei do blog, e convido-a a visitar-me em http://pretextoselr.blogspot.com/ Tem lá um caso engraçado sob o mesmo título - "Insônia".
Abraço