Seguidores

terça-feira, 28 de junho de 2011

Todos somos um...

Quando olhamos por alto as pessoas, ressaltam suas diferenças:
negros e brancos, homens e mulheres, seres agressivos e passivos,
intelectuais e emocionais, alegres e tristes, radicais e reacionários.
Mas, à medida que compreendemos os demais, as diferenças desaparecem
e em seu lugar surge a unicidade humana: as mesmas necessidades,
os mesmos temores, as mesmas lutas e desejos. Todos somos um.
Joyce
***

Por que não?...

6 comentários:

Toninhobira disse...

Diferenças são existem para quem nao entendeu a criação e toda sua evolução.As pessoas são feitas de alma e elas nao se diferenciam.Bela reflexão Piedade.
Um abração.

✿ chica disse...

Linda reflexão essa! beijos,tudo de bom,chica

blog da Paraguassu disse...

Olá, amada Piedade
Linda reflexão em seu texto. É isso aí mesmo. Somos todos iguais perante Deus. Com os mesmos direitos e deveres, nos igualamos com relação à nossa alma e a necessidade de aprimoramento e progresso.
Adorei seu comentário em minha postagem. Obrigada, querida.
Beijo grande,
Maria Paraguassu.

Graça disse...

O Amor é a linguagem universal de todos os povos, minha querida amiga!
Se todos o praticassem...

Beijos,
GRaça

*Em tempo: Piedade, dia 1º de julho, sexta-feira, você está convidada a comparecer na festa de 2 ANOS de meus blogs
Botões de Madrepérola
e
Anjo de Prata

Venha comigo comemorar e saborear um pedaço do bolo..
Aguardo você!

Luís Coelho disse...

Apesar da diferenças da pele ou dos conhecimentos todos somos feitos do mesmo barro.
Nascemos nús e sem nada e morremos tão pobres como nascemos.

No link que esta sublinhado faça um clik com o lado direito do rato e depois surgem as opções e a Piedade escolhe aquela de = ir para o link =

Depois de aberta a janela escolhe o tema que pretende abrir.

Poderá também copiar e depois colar na pesquisa do google.

José disse...

Olá Pedadeviera! Bom dia.

É isso aí mesmo, todos nascemos e todos morremos, às vezes não é da mesma maneira, mas no final é tudo igual.