Seguidores

terça-feira, 21 de junho de 2011

A chave



E de repente
o resumo de tudo é uma chave.
A chave de uma porta que não abre
para o interior desabitado
no solo que inexiste,
mas a chave existe.

A porta principal, esta é que abre
sem fechadura e gesto.
Abre para o imenso.
Vai-me empurrando e revelando
o que não sei de mim e está nos Outros.

e aperto, aperto-a, e de apertá-la,
ela se entranha em mim. Corre nas veias.
É dentro em nós que as coisas são,
ferro em brasa - o ferro de uma chave.
Carlos Drummond de Andrade


*****

às vezes sou chave...

outras, sou porta...

4 comentários:

laurinhando por ai disse...

Piedade
O importante é estar sempre com a porta do coração aberta ...mesmo que a gente se machuque...o próprio coração saberá curar-se.
Estive com este problema de comentários mas através de uma dica de uma amiga blogueira consegui sanar o problema.Quer tentar???Então quando vc fizer um comentário e aparecer a página para vc colocar seu email e senha , aparece tb um quadradinho que diz ficar conectado, sai dele e tudo volta ao normal...Comigo funcionou!!!!
bjos
Laurinha

Wanderley Elian Lima disse...

Bela escolha. Drummond sempre agrada.
Bjux

✿ chica disse...

Lindo isso!!! um beijo,chica

Toninhobira disse...

Para sempre Drummond para a porta que se abre às novas emoções.Que as duas estejam sempre em sintonia para que as portas se abram para a felicidade.
Bju.