Seguidores

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

capim molhado

Pequeno poema de após chuva
Frescor agradecido de capim molhado
como alguém que chorou
e depois sentiu uma grande, uma quase envergonhada alegria
por ter a vida
continuado...

7 comentários:

✿ chica disse...

Eu nunca tinha lido esse poema e é simplesmente MARAVILHOSO!!!Adorei! beijos,linda semana!chica

PRECIOSA disse...

Ah! amiga, cheirinho de terra molhada, sinal de alma lavada
Agradeço sua visita
Tenhas uma semana regada de muito amor
Beijos
Preciosa Maria

Andradarte disse...

Para meditar........
Beijo

♫*Isa Mar disse...

Oi amiga, e como fica gostoso o ar depois de uma chuva né?
Beijos e uma boa semana pra ti!

Toninhobira disse...

Ah, este Quintana que olhar maravilhoso sobre a chuva.Lindo demais.
Uma bela semana amiga.
Um abraço terno.
Bju.

Luma Rosa disse...

Parece que eu conheço essa paisagem com cheirinho de chuva...

Piedade, venho lhe fazer um convite!
Amanhã, dia 08 de Novembro, acontecerá a 3ª Edição do BookCrossing Blogueiro e nessa postagem faço a chamada. Gostaria de contar com a sua presença e/ou divulgação. O pontapé do BB é amanhã, mas poderá participar quando quiser!
No blogue explico porque a chamada ficou para a última hora.
Boa semana!
Beijus,

Lilá(s) disse...

Como eu gosto do cheiro da terra molhada depois de uma grande chuvada!
Bjs