Seguidores

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Verde esperança


Cadê a esperança

pra esse mundo tão feroz

onde se aprisionam sonhos

onde a maldade é tamanha

a bondade se esconde,

talvez, de tanta vergonha.

Já cresce a largos passos

uma descrença universal

povos de todas raças

clamam por justiça já.

Esperança, onde estás?

Onde te escondes?

Quero encontrar-te

tenho pressa

quero espalhar tuas sementes

vê-las multiplicarem

belas flores e bons frutos

crescerem

pelos caminhos.

Esperança, vem logo

vem depressa

quero muito te encontrar

meu tempo passa tão rápido

o teu, tão devagar!

Quero ver de perto teu verde

que tanto ouço falar.

(pv)
*******
Entretanto, está escrito:
"Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças,
subirão com asas como águias;correrão, e não se cansarão;caminharão,
e não se fatigarão."
Is 40,31

5 comentários:

Lilá(s) disse...

Já somos duas fazendo força talvez assim o "verde da esperança" venha mais rápido...
Beijinhos

Chica disse...

Ela deve voltar, não desanim,a!!! Lindo,lindo e bem inspirado!beijos,tudo de bom,chica

Luís Coelho disse...

Também eu acho que vivemos num mundo cão onde os poderosos pisam e exploram os mais fracos e roubam o pão de quem trabalha...............
A nível mundial está tudo para o mesmo.

des-encantos disse...

gostei. boa noite

Vieira Calado disse...

Mas...

a esperança terá de ser a última a morrer!

Bom fim de semana.

Bjs